Ter presença digital atualmente é fundamental para os negócios, até mesmo porque 70% da população usa a internet, não só para entretenimento como para comprar produtos e serviços. Com a pandemia causada pelo novo coronavírus, as vendas online aumentaram em mais de 100%, logo, ter um site ou uma loja virtual muitas vezes pode significar a sobrevivência de uma empresa.

Antigamente era muito caro ter um site próprio e somente uma pessoa com conhecimentos em desenvolvimento web poderia criá-lo. Com a popularização da internet e o avanço da tecnologia, hoje qualquer pessoa pode ter um site, tanto que existem quase 2 bilhões de sites no momento e esse número não para de crescer a cada dia.

No entanto, muitos empreendedores ainda têm dúvidas sobre quanto custa um site ou uma loja virtual e por acharem que é caro demais, acabam privando a empresa desta ferramenta essencial para o seu negócio. Por isso, decidimos escrever este artigo, esclarecendo de uma vez por todas quanto custa um site e quanto custa para mantê-lo.

Quanto custa um site?

Determinar quanto custa um site pode ser uma tarefa complicada visto que este é um serviço personalizado e que depende de diversos fatores. Mas não é impossível e você pode ter uma boa noção de quanto custa um site desde o seu desenvolvimento até a sua manutenção.

Inscreva-se em nosso blog

Fique sabendo, antes de todo mundo, sobre novos conteúdos além de receber conteúdos exclusivos!

Loading

O custo varia de acordo com as funcionalidade de um site, de onde ele está hospedado e de quem irá desenvolvê-lo. Um site institucional, por exemplo, é mais barato que uma loja virtual, que precisa de funcionalidades específicas e uma hospedagem melhor para suportá-la. 

Quem irá desenvolver a sua página também é um ponto a considerar no valor final. Um profissional freelancer certamente cobrará um valor bem diferente de uma agência de renome. 

No entanto, é importante frisar que muitos sites não são desenvolvidos por profissionais, são lentos e nada responsivos e podem acabar trazendo uma imagem negativa para a sua marca. Opte sempre por profissionais que tenham referências e outros projetos desenvolvidos.

Todos os valores que citaremos neste artigo são de sites desenvolvidos com as melhores práticas do mercado e por profissionais capacitados.

Domínio e hospedagem

Em primeiro lugar, dois fatores devem ser levados em conta: o domínio e a hospedagem. Independentemente de ser um site institucional, loja virtual ou landing page, todo site precisa ter domínio e hospedagem que são como o endereço e o imóvel onde uma loja física funcionaria. 

Domínio

O domínio é o endereço eletrônico do seu site e na maioria das vezes começa com “www”. Ele precisa ser registrado e não pode existir nenhum outro igual. Sua estrutura é parecida com “www.meusite.com.br”.

Os domínios podem ser nacionais, quando são terminados em .br e internacionais quando possuem outras terminações como .com ou .net. Em ambos os casos eles custam a partir de R$ 40,00 e funcionam como um aluguel, você precisa registrá-lo e renová-lo anualmente. 

Se você não renová-lo ao final do período que você contratou, ele estará disponível para que qualquer outra pessoa possa registrá-lo.

Hospedagem

Além do domínio, para que o seu site possa ser colocado no ar ele precisa de uma hospedagem. Ela é quem irá armazenar os arquivos do seu site e deixá-lo disponível e online para que internautas possam acessar em qualquer parte do mundo.

É preciso muita atenção na hora de escolher um bom plano de hospedagem para que ela suporte todos os dados que o seu site precisa armazenar. Para um blog ou site institucional um plano simples é suficiente. Mas se você tiver uma loja virtual e muitos produtos para cadastrar e deixar disponível, precisa de um plano melhor para que o seu e-commerce não fique lento e travando a todo momento.

Planos de hospedagem profissionais começam com valores a partir de R$ 10,00 mensais e vão aumentando conforme o número de sites que você precisa hospedar.

Existem empresas que oferecem hospedagem gratuita, mas essa não é uma opção que nós recomendamos. Você deve prezar muito pelos seus dados, então pesquise bem e escolha com cautela uma empresa de hospedagem.

A seguir estão algumas hospedagens que são de confiança e oferecem bons serviços:

Layout e desenvolvimento

quanto custa um site
Quanto custa um site: do desenvolvimento à manutenção 1

Tendo o domínio e a hospedagem você já pode partir para a parte mais importante (e mais cara) que é o desenvolvimento do site e seu layout. Atualmente existem muitas plataformas gratuitas que possibilitam que você mesmo crie o seu próprio site, como o WordPress e o Wix.

Apesar disso, a maioria das funcionalidades que você precisará usar como tema ou plugins tem algum custo em suas versões mais completas. 

O primeiro passo para estabelecer quanto custará o desenvolvimento do seu site é definir quem fará essa parte. Se você mesmo for desenvolver o seu site, precisará gastar com um tema que atenda às suas necessidades e alguns plugins. A licença de cada um deles tem um custo a partir de de US$ 20.

Se você precisa de um site profissional e responsivo e tem uma marca a zelar, é preferível que encontre um desenvolvedor ou uma agência especializada. A escolha do layout do site é uma das etapas mais importantes, pois a experiência do visitante em seu site pode aumentar significativamente as vendas, enquanto uma experiência ruim pode não atrair a atenção de possíveis compradores.

Freelancers costumam ter um valor mais em conta que empresas e agências, mas é preciso tomar cuidado para não contratar o primeiro que encontrar por ter um valor mais em conta e acabar recebendo um site pela metade.

Ao escolher uma empresa ou agência dê uma olhada no portfólio e depoimentos de clientes para ter certeza do profissionalismo e comprometimento. Os valores de desenvolvimento dependem muito do que você precisa, mas um site institucional padrão costuma sair entre R$ 1000,00 e R$ 5.000,00.

Muitos desenvolvedores cobram pela hora de desenvolvimento, que costuma ficar entre R$ 50 e R$ 150,00. Se você precisa de um site simples com até 5 páginas institucionais, o projeto costuma levar de 10 a 20 horas para ser desenvolvido.

Precisamos salientar novamente que cada site é único e o seu investimento dependerá das funcionalidades que ele executará, bem como do profissional que você contratará para desenvolvê-lo. 

Produção de conteúdo

quanto custa um site
Quanto custa um site: do desenvolvimento à manutenção 2

Outra parte muito importante no desenvolvimento de um site e que muitas vezes acaba sendo negligenciada é a produção de conteúdo. Ela inclui textos, imagens e áudio/vídeo que estarão em seu site.

A produção de conteúdo não está inclusa no desenvolvimento e deve ser pensada à parte. Você pode desenvolvê-la por conta própria e usar imagens de banco de imagens gratuitos (como o unsplash e o flaticon) ou contratar alguém para fazer para você. 

Se optar por contratar um profissional, o preço dependerá da quantidade de conteúdo e de outros detalhes, como se o texto é técnico ou não.

Não menospreze a produção de conteúdo do seu site, textos bem escritos são muito importantes para buscadores, como o Google, encontrarem e catalogarem o seu site. Ter um blog atualizado e com conteúdos relevantes é fundamental como ferramenta de marketing nos resultados de busca.

Imagens e vídeos enriquecem o seu conteúdo e mantém o leitor interessado. Um bom profissional de escrita costuma cobrar de R$ 50,00 a R$ 100,00 por cada mil palavras escritas.

Recursos Extras

Você também precisa levar em consideração custos com funcionalidades extras do seu site. Dependendo da sua necessidade, você poderá precisar de plugins adicionais que precisam ser comprados ou até mesmo desenvolvidos especificamente para o seu site. 

Se você tiver uma loja virtual, por exemplo, será necessário contratar serviços extras, como um certificado SSL e outros possíveis itens de segurança para a hospedagem. Novamente, tudo dependerá das funcionalidades que o seu site executará.

Dica: Algumas hospedagens fornecem o certificado SSL gratuitamente!

Manutenção

Por último e não menos importante, é preciso manter o site funcionando e a manutenção também deve estar nos seus custos. Atualizações constantes são necessárias para que o site esteja seguro, rápido e estável de forma que os usuários tenham a melhor experiência possível.

Também pode ser necessário remover vírus, corrigir bugs, entre outros eventuais problemas que nenhum site está livre de ter. Para isso, você pode contratar uma agência ou empresa especializada, como a VVerner, que dará o suporte necessário para o seu site de forma eventual ou constante.

Não esqueça que o domínio e a hospedagem têm um custo anual e mensal e devem estar inclusos nos seus custos com manutenção.

Afinal, quanto custa um site?

quanto custa um site
Quanto custa um site: do desenvolvimento à manutenção 3

Basicamente são estes os custos que você terá com o desenvolvimento e manutenção de um site. Todas as etapas que descrevemos acima podem ser desenvolvidas separadamente e por profissionais diferentes. No entanto, você pode encontrar algumas empresas que executam todas as etapas e cobram um valor fechado, o que pode ser vantajoso para o cliente.

Abaixo descreveremos todas as etapas do processo de criação e manutenção de um site e o preço médio de cada uma delas para que você consiga ter noção de quanto custa um site.

ItemPreçoRenovação
Domíniode R$ 40,00 a R$ 60,00anual
Hospedagemde R$ 10,00 a R$ 50,00mensal
Layout e desenvolvimentode R$ 700,00 à R$ 5.000,00pagamento único
Produção de conteúdode 100,00 à R$ 1.000,00pagamento único
Recursos Extrasde R$ 100,00 a R$ 500,00pagamento único
Manutençãode R$ 200,00 à R$ 1000,00mensal

Valor final: de R$ 1.150,00 à R$ 7.500,00.

Claro que os custos para criar um site podem ser bem diferentes, dependendo de suas funcionalidades, do desenvolvedor que você contratar e da quantidade de tempo que será preciso para concluir o projeto. 

No entanto, você pode usar as nossas estimativa para ter uma boa noção de quanto custa um site. Caso você tenha ainda alguma outra dúvida, pode deixar o seu comentário abaixo!

Lembre-se sempre que uma empresa especializada como a VVerner cria, mantém e entrega o seu site com qualidade e possui uma equipe sempre pronta para sanar as suas dúvidas.

Agora que você já tem uma boa ideia de quanto custa um site, contrate a VVerner para desenvolver o seu site e encontrar as melhores opções junto com você!

Inscreva-se em nosso blog

Fique sabendo, antes de todo mundo, sobre novos conteúdos além de receber conteúdos exclusivos!

Loading

Um comentário em “Quanto custa um site: do desenvolvimento à manutenção

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fale Conosco