Aprender a programar: 7 dicas para começar agora mesmo

Aprender a programar pode parecer algo muito complexo e desafiador para a maioria das pessoas, mas com as instruções corretas o seu caminho pode ser muito mais tranquilo. Graças à popularização da internet, encontramos todo tipo de informações, dicas, tutoriais e cursos, muitos deles gratuitos e de muita qualidade.

Se você quer aprender a programar, seja para se divertir ou trabalhar neste mercado, estas dicas que separamos vão te ajudar a extrair o máximo de conhecimento possível no início dos seus estudos. Boa leitura!

7 dicas importantes para aprender a programar agora mesmo

O mundo da programação tem se tornado cada vez mais atrativo seja por suas demandas crescentes, pela possibilidade de trabalho flexível e também pelos altos salários que o mercado oferece para este segmento. 

Se você conta com pouca familiaridade no assunto, mas quer ingressar no mercado de tecnologia, saiba que com muito estudo e dedicação todo o processo pode se tornar muito mais fácil do que parece. A seguir, apresentamos 7 dicas para aprender a programar agora mesmo!

  1. Inicie pela lógica da programação

Todos os tópicos que envolvem programação são baseados na lógica de programação, logo, começar por aí é essencial. Independentemente da linguagem que você for utilizar, programar sempre se baseia em conceitos básicos de lógica.

Dessa forma, não adianta começar a estudar uma linguagem específica sem antes ter o mínimo de conhecimento em lógica antes. 

  1. Escolha apenas uma linguagem para começar e que seja fácil

Existem inúmeras linguagens de programação, o que causa muita ansiedade nos programadores iniciantes. Afinal, por onde começar? 

Para evitar frustrações, comece pelas etapas básicas e vá progredindo conforme o seu aprendizado. Depois de aprender sobre lógica de programação, escolha uma linguagem e que seja mais fácil para este primeiro momento.

Mesmo que o seu objetivo seja se especializar em Java, tente começar aprendendo Python primeiro. Essa é uma linguagem mais simples e intuitiva e será mais fácil compreender os conceitos.

Para quem quer começar no ramo de desenvolvimento web, nós recomendamos começar com o básico de HTML e CSS!

  1. Defina a sua área de atuação

Depois de aprender a primeira linguagem, é muito importante definir e focar a área que você pretende atuar. Definir a sua área de atuação ajudará a dar seguimento no processo de aprendizado.

Você pretende trabalhar com aplicações web? Ou com jogos ou desenvolvimento mobile? Assim que você definir, pode escolher uma linguagem que esteja de acordo.

Não se preocupe caso queira mudar a linguagem com que você trabalha no futuro. À medida que seus conhecimentos e experiências forem sendo adquiridas, sempre haverá a possibilidade de mudar seu foco conforme desejar.

É muito importante lembrar que nesse momento você não precisa se preocupar com qual framework você irá trabalhar. Foque em aprender a linguagem pura como JavaScript ou PHP. 

  1. Faça networking
Aprender a programar: 7 dicas para começar agora mesmo 1

Não tenha vergonha de errar ou pedir ajuda para alguém da área. Ter um “mentor” ou alguém que possa esclarecer dúvidas é algo sem preço! Além disso, por mais que você esteja aprendendo a programar sozinho, é muito importante manter contato com outros programadores para trocar experiências. 

É uma ótima forma de se manter animado e ver que dificuldades são bastante comuns quando estamos falando sobre programação.

  1. Pratique!

Certamente você não conhece nenhum programador que aprendeu somente com teoria, não é mesmo? Por isso, exercitar os seus conhecimentos é fundamental para  consolidar o conhecimento adquirido e instigar você a fazer questionamentos.

Quando colocamos a teoria em prática, frequentemente descobrimos que achávamos que havíamos aprendido alguma coisa, mas na verdade, elas haviam passado em branco. 

Por isso, coloque a mão na massa, sem medo de errar. Praticar muito até compreender um conceito faz parte do dia a dia de qualquer programador.

  1. Assista tutoriais e vídeos no Youtube

Não é somente na universidade ou em cursos técnicos que você pode ter acesso a informação de qualidade. A internet é a melhor ferramenta que você pode usar para aprender a programar. 

No Youtube, por exemplo, você encontra cursos gratuitos de muita qualidade além de tutoriais e dicas práticas. Nós temos uma lista de canais do YouTube que podem te ajudar com isso.

Além disso, você também pode compartilhar coisas que você aprendeu e assim, ajudar novos estudantes. 

  1. Faça cursos

Cursos, sejam eles pagos ou gratuitos, são uma excelente opção para quem quer aprender a programar. Além disso, um dos seus maiores benefícios é a flexibilidade que eles oferecem. Você pode estudar onde quiser e no horário que for mais oportuno para você. 

Existem diversos tipos de cursos voltados a todas as especialidades que você pode imaginar. Na Udemy, por exemplo, você encontra milhares de cursos por preços bastante acessíveis.

Se você quiser ir além, existem opções de cursos técnicos, com duração e valores menores que uma graduação. O bacana deste tipo de cursos é o suporte que você recebe e a certificação oficial de uma instituição de ensino, o que dá um upgrade para o seu currículo. 

Você também pode ingressar em uma universidade. Existem muitos opções de cursos superiores para quem quer um diploma. Ciências da Computação, Sistemas de Informação, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Gestão em Tecnologia da Informação e Engenharia da Computação são algumas opções. Além disso, na universidade você terá contato com outros estudantes, fortalecendo o seu networking e terá a oportunidade de fazer um estágio profissional.

Aprender a programar: 7 dicas para começar agora mesmo 2

Para finalizarmos: é muito importante entender que para aprender programação e se tornar um bom programador é preciso estudar e praticar muito. O conhecimento em tecnologia não é conquistado da noite para o dia, então não desanime!

A programação é desafiadora, mas traz muitas recompensas. Foque nos seus estudos, tenha constância e comprometimento, não pule nenhuma etapa e pratique muito! 

É só desta forma que as dificuldades são superadas e você adquire conhecimento.

Por Deise Dilkin

Redatora há dois anos, especialista em escrita criativa e inbound marketing.

Ver todos os posts de Deise Dilkin.

2 comentários

  1. Sou a Fernanda de Lima, e quero parabenizar você pelo seu artigo escrito, muito bom vou acompanhar o seus artigos.

    1. Olá Fernanda. Que bom que você gostou do nosso artigo! Para receber mais artigos como este você pode assinar a nossa newsletter!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.